Pretérito perfeito simples do indicativo

O uso de verbos é algo imprescindível para que os períodos sejam organizados na construção das orações, uma vez que estes exercem o papel de predicados. Destaca-se o fato do verbo ser a classe de palavra que mais variações costuma apresentar, já que as muitas modificações servem para expressar fenômenos naturais, mudanças de estado, ações, etc.

Os modos, por sua vez, são as várias formas que um mesmo verbo pode apresentar. Em se tratando do modo indicativo, pode-se dizer que a pessoa que fala ou escreve exprime algum tipo de dúvida, certeza, suposição, etc.
Neste modo verbal, portanto, há algumas divisões quanto ao tempo que se pode empregar. Aqui trataremos especificamente do Pretérito Perfeito Simples do Indicativo.

Este tempo verbal é ainda dividido em duas formas: a simples e a composta.
Focaremos nosso estudo, contudo, inicialmente em relação à forma simples. É importante ressaltar que não basta que haja uma memorização das flexões verbais, sendo fundamental que ocorra o devido entendimento sobre o sentido expresso em cada uma delas. Para se começar a compreender é importante que se atente para o tempo que é objeto de estudo, pois ele dará uma direção à compreensão.

Com base nisso, procederemos à análise deste tempo verbal. Em sua forma simples, o pretérito perfeito expressa ações produzidas em um determinado momento do passado. Dessa maneira, trata-se da forma que se emprega quando se deseja realizar uma descrição de um passado totalmente consumado e diante de um interlocutor ou observador.

Confira alguns exemplos de conjugações empregando-se o Pretérito Perfeito Simples do Indicativo:

- (andar):
Eu andei mais do que poderia imaginar.

- (ler):
O jovem leu todos os livros da biblioteca.

- (ouvir):
As garotas ouviram o som do alarme.

Observe que em cada um dos exemplos acima representa uma conjugação diferentes. Isso pode ser percebido através das terminações –ar, –er e –ir. Todas as pessoas verbais podem ser representadas ao se conjugar determinado verbo nesse tempo verbal.
O tempo verbal Pretérito Perfeito Simples do Indicativo pode facilmente ser descrito como um passado realmente simples. Isso se justifica pelo fato de boa parte dos falantes em Língua Portuguesa o empregarem quando se deseja expressar algo concreto cujo acontecimento se deu de forma completa no passado.

Dessa forma, as flexões verbais neste tempo acabam sendo realizadas de maneira bastante simplificada, algo que explica a sua grande usabilidade quando da necessidade de se comunicar determinado acontecimento que tenha ocorrido no passado.

Últimas traduções

, , , , , , clip de cabelo, , , ,

o alfabeto de sinonimos

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z