Verbos da língua portuguesa e sua conjugação

Saiba o que são e como se classificam as conjugações verbais
Os verbos são estruturas presentes em todos os idiomas e que servem para expressar diversos tipos de situações. Dentre as principais circunstâncias que podem ser representadas com o uso do verbo estão as ações, estados, fenômenos ou processos, de modo que conferem sentido às várias sentenças que possam compor a comunicação.
As modulações verbais, contudo, recebem o nome de flexões e, como a própria designação sugere, tratam-se de movimentos flexíveis que os verbos podem assumir a fim de que se diferenciem de acordo com o tempo a que pertence.

Saiba o que são conjugações verbais:
Os verbos podem ser classificados de diversas formas. Uma delas refere-se às chamadas “conjugações verbais”. Antes de se empregar determinado verbo, é necessário que se saiba que as conjugações dizem respeito às flexões em que os verbos podem ser utilizados nas frases. Para que um verbo seja conjugado, todos os modos, pessoas, tempos, vozes e números.
Assim sendo, uma mesma terminologia pode receber inúmeras derivações de acordo com o que se procura expressar. Ao se possuir o conhecimento sobre determinada conjugação de um verbo, torna-se mais fácil o ato de conjugar outros verbos, uma vez que muitos deles possuem estruturas semelhantes e podem ser classificados conforme suas similaridades.

Conjugações de verbos em Língua Portuguesa:
O idioma falado e escrito no Brasil, ou seja, a Língua Portuguesa, é conhecida e admirada por ser bastante rica em se tratando da grande quantidade de vocábulos que possui. Com os verbos ocorre da mesma maneira. O país pode contar com uma lista extensa de estruturas verbais, de forma que a comunicação pode ser um evento bastante interessante.
Em se tratando das conjugações dos verbos em Língua Portuguesa, pode-se classifica-la de três diferentes formas. Tal classificação, entretanto, refere-se à terminação que cada uma dessas estruturas podem ter em seu infinitivo, ou seja em sua forma inicial, quando tem-se a palavra que representa o verbo, mas não houve ainda nenhuma flexão sobre ela.

Nesse aspecto as divisões são as seguintes:
- 1ª Conjugação: verbos terminados em –ar:
Exemplos: Amar, cantar, falar, estudar, violar, nortear, etc.

- 2ª Conjugação: verbos terminados em –er e –or:
Exemplos: Ler, crer, saber, correr, pôr, etc.

- 3ª Conjugação: Verbos terminados em –ir:
Exemplos: Sorrir, abrir, corrigir, sacudir, aplaudir, etc.

Vale ressaltar que as línguas atravessam longos processos de transformação, algo que se verifica também com a Língua Portuguesa. Dessa maneira, algumas palavras sofreram alterações em decorrência de diversos fatores. Isso explica o fato dos verbos terminados em –or serem classificados na 2ª conjugação. Segundo estudiosos do idioma, os verbos com essa terminação eram antes terminados em –er, o que os coloca automaticamente na conjugação em questão.

Verbos na língua inglês: English verbs an their conjugations

Verbos na língua alemão: Deutsche Verben und deren Konjugationen

Últimas traduções

, fiscal, , , , , , chapéu de pele, , ,

o alfabeto de sinonimos

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z